Thursday, 22 July 2021

ONDAS DE GENIALIDADE DO MAR DA NAZARÉ | RETHINKING SUSTAINABLE GOALS

SÉRIE - RETHINKING SUSTAINABLE DEVELOPMENT GOALS
time-reading-barometer | 2 minutes 58 seconds | 595 words

Mariana. catorze anos. praia da Nazaré. praia onde nasceu com os pés beijados pela areia. areia com aroma a mar da Nazaré. mar da Nazaré que puxa pelo paladar do peixe. peixe trazido pelas correntes frias. correntes frias trazidas pelo vento. vento que entregou jeitos ao cabelo da Mariana. jeitos em feitio. feitio do mar da Nazaré. feitio da Mariana que enlouquecia a mãe. mãe que deu à luz à Mariana nas águas da Nazaré. águas que rebentaram em manhã de praia. manhã de praia de maré cheia. ondas da maré que trouxeram a Mariana para terra seca ao colo da mãe. leite de mãe temperado com sal do mar da Nazaré. Mar da Nazaré, quanto do teu sal são lágrimas da minha mãe? desassossego pessoano que vivia dentro da Mariana. Mariana menina que trazia o desassossego do mar da Nazaré para terra seca. Mariana que irritava as pessoas secas da terra. sedentários crónicos, juntando fragmentos.(1) Fausto para Wagner. Goethe que entendia a Mariana. o génio é uma alquimia. Pessoa para Goethe. pérolas de genialidade. pérolas produzidas pelas ostras do mar da Nazaré que a Mariana colecionava para entregar um dia à mãe. genialidade das ostras que transformavam a irritação da areia em joias de grande valor. genialidade que a Mariana tentava explicar às pessoas da terra. pessoas da terra que recusavam compreender a genialidade do mar da Nazaré. soprais uma chama sem cor nem alento (1). Fausto para Wagner. Mariana que gostava de responder às pessoas da terra com frases do Fausto de Goethe. mãe da Mariana que recebia queixas das pessoas da terra sobre a Mariana. queixas que magoavam o coração de mãe. coração de mãe que compreendia a turbulência da Mariana porque o pai da Mariana era o mar da Nazaré. filha de peixe sabe nadar. resposta da mãe da Mariana. pessoas da terra que comiam o peixe do mar da Nazaré com os pés secos em terra. pés secos que fugiam  das ondas. ondas do mar da Nazaré que vinham em sete. sete eram as batidas do coração da Mariana. sete eram as letras do nome da Mariana. Mariana que em sete anos completou as sete saias da Nazaré. nunca lá chegarás se não o sentires, se do fundo da alma não brotar(1). Fausto para Wagner. universidade findada. ondas da Nazaré que nunca chegaram tão alto. Mariana que decidiu levar a sabedoria do mar da Nazaré para terras de Goethe. terras de Goethe que abriram oportunidades à genialidade do mar da Nazaré. Mariana que no adeus entregou à mãe o colar de vinte e uma contas feitas em pérolas do mar da Nazaré. filha do mar da Nazaré que partia para terras de Goethe. mar da Nazaré que chorava alto. ondas do mar da Nazaré que batiam contra as rochas secas da terra. alquimia do mar da Nazaré. coração de mãe completo.

(1)   Johann W.Goethe, Fausto, Primeira Parte, Relógio d'Água.

#ODS4 + #ODS5 + #ODS8 OBRIGADO ÀS NOVAS GERAÇÕES POR PROVOCAREM ONDAS DE GENIALIDADE EM TERRA SECA.