Thursday, 11 March 2021

A CANÇÃO DO JOSÉ | RETHINKING SUSTAINABLE GOALS

SÉRIE - RETHINKING SUSTAINABLE DEVELOPMENT GOALS
time-reading-barometer | 2 minutes 45 seconds | 551 words

José era pescador e tinha as mãos grandes e fortes. mãos que gelavam quando vinham do mar. mar gelado que  entregou ao José o nome  zé-das-mãos-frias. mãos frias que escondiam um coração quente que chamava pelo amor da Amélia. mãos frias. coração quente. canção do José. Amélia filha de pai pescador. Amélia que não gostava de homens pescadores. José pescador que não entendia as correntes geladas trazidas pelas palavras da Amélia. Amélia-menina  que não esquecia as tempestades que o pai pescador levava para casa. pai pescador que trazia para casa o pior que o mar dava. mar gelado que nunca entregou flores à mãe da Amélia. Amélia-menina que jurou sobre as lágrimas salgadas da mãe com o mar nunca casar. mãos frias. coração quente. canção do José. canção que vinha da arte de pintar que o mar enganado trouxe à beira dos pés do José. veleiro naufragado que à costa do mar da aldeia do José veio dar. mãos grandes do José que arrancaram da barriga  do mar uma caixa. caixa de pintar  que salvou o destino do José da corrosão do sal. arte da cor que aumentou o amor do José pela Amélia.  mãos frias. coração quente. canção do José. mãos grandes que em terra pintavam e viajavam além terra e além mar. viagens de cor que aumentavam o amor do José pela Amélia. mãos frias. coração quente. canção do José.  mãos frias que não sabiam escrever. olhos de touro bravo que não sabiam ler. mãos frias. coração quente. canção do José. mar que acordava o José para o azul escuro da manhã. manhã em que o mestre  informou que por ordem do ministério do mar uma nova lei ditava que todo o homem do mar tinha de aprender a ler e a escrever. olhar de touro em mar bravo. mestre! as minhas mãos foram moldadas para o mar e não para ser doutor. mãos grandes e frias apresentadas como argumento. argumento que não vingou. mãos frias. coração quente. canção do José. mãos toldadas ao mar forçadas em terra a aprender  a escrever. em terra era a Amélia mestre na arte do ensinar. Amélia que evitava o olhar do José. José que aprendeu depressa a escrever e a ler. Amélia que apanhou o José a desenhar durante a aula. desenho arrancado das mãos grandes do José. mãos frias. coração quente. canção do José. desenho que mostrava as curvas da Amélia em forma de ondas em dia de mar revolto. Amélia  que terminou a aula sem razão. razão mulher que não conseguiu conter o calor que roubava a respiração. mãos geladas. coração quente. canção do José. José que colheu rosas em terra para oferecer ao coração da Amélia. Amélia transformada pela canção do José. mãos frias. coração quente. canção do José.

#ODS5 OBRIGADO A TODOS OS HOMENS DE CORAÇÃO QUENTE POR TRANSFORMAREM A GENÉTICA DE SOFRIMENTO DA MULHER NA MAIOR PROVA DE AMOR.  AGE COMO SE NUNCA TIVESSE EXISTIDO NENHUM ARTIFÍCIO DE MODA, DE NEGÓCIO, NEM DE POLÍTICA. INTERVÉM UTILIZANDO A SINGULARIDADE DA TUA LINGUAGEM, COMO SE A TUA-LINGUAGEM FOSSE O ÚNICO REMÉDIO CAPAZ DE CURAR TODA E QUALQUER DESORDEM.    SOPRA PÉTALAS of knowledge-to-be  E ESPERA QUE O VENTO AS TRAGA MAIS FORTES.  ACREDITA na FORÇA DA positividade (PAZ), DA genialidade (INOVAÇÃO) e DA  responsabilidade (EMPREENDEDORISMO) E DESAFIA A FORÇA DA GRAVIDADE DE QUEM NÃO ACREDITA.